O Aprendizado da Cultura Japonesa Mediado pela Animação “A Viagem de Chihiro”, de Hayao Miyazaki

Autores

  • Gabriel Freitas do Nascimento Universidade Cruzeiro do Sul Virtual
  • Mie Kato Yokomizo Universidade Cruzeiro do Sul
  • Nelci Vieira de Lima Universidade Cruzeiro do Sul

Palavras-chave:

A viagem de Chihiro, Cultura japonesa, Hayao Miyazaki, Sala de aula invertida

Resumo

Este artigo científico tem por objetivo debater o uso de animação em salas de Japonês como Língua Estrangeira (JLE) para ensino/aprendizagem da cultura japonesa. Na obra de Hayao Miyazaki – A viagem de Chihiro (em japonês, 千と千 尋の神隠し) – lançado em 2001, temos inúmeros elementos da cultura tradicional japonesa, além de propostas de debate sobre as mudanças sofridas na tradição de um Japão do fim dos pós-Segunda Guerra Mundial. Minha proposta é fomentar uma análise do filme e propor caminhos para professores de JLE sobre como trabalhar cultura japonesa por intermédio de obras cinematográficas ou leituras de livros/mangás. A adoção da metodologia didática de sala de aula invertida se dá pela facilidade de múltiplas direções que esta sequência didática pode oferecer.

Downloads

Publicado

2024-01-10

Como Citar

Freitas do Nascimento, G., Kato Yokomizo, M., & Vieira de Lima, N. (2024). O Aprendizado da Cultura Japonesa Mediado pela Animação “A Viagem de Chihiro”, de Hayao Miyazaki. Revista Pluri Discente, 1(5), 68–75. Recuperado de https://pluridiscente.cruzeirodosulvirtual.com.br/pluridiscente/article/view/143